Cirurgia de Escoliose

A escoliose é uma anomalia da coluna vertebral, presente em pelo menos 3% da população de todo o mundo.

Trata-se de uma condição que afeta mais mulheres do que homens, e consiste em uma curvatura, que pode ocorrer na região lombar, torácica ou cervical.

Normalmente, ela se manifesta na infância e juventude.

A indicação de cirurgia depende da magnitude e da localização da curvatura. Geralmente, indica-se quando elas são maiores que 45/50 graus. O principal benefício do acesso cirúrgico é a prevenção de problemas cardíacos e pulmonares, que podem decorrer da deformidade da coluna, além é claro, de melhora estética.

Sintomas da escoliose

Muitas pessoas convivem com a condição durante anos, sem apresentar nenhum sintoma. Descobrem a situação muitas vezes quando estão investigando outro problema, através de uma radiografia da coluna vertebral.

Contudo, quando a curva é muito acentuada, a escoliose provoca dores fortes na região. Além disso, um sinal bastante característico é o que chamamos de gibosidade costal, quando há um aumento unilateral das costelas.

Nesses casos, há indicação cirúrgica.

Cirurgia para escoliose

Como dito anteriormente, além do alívio da dor e da melhora estética, a cirurgia para a escoliose tem o objetivo de prevenir ou tratar disfunções respiratórias. Dessa forma, diagnóstico e intervenção precoces são fundamentais para que a progressão da condição pare até a puberdade.

A cirurgia consiste no realinhamento do esqueleto, procedimento que é conhecido como artrodese da coluna. No processo, ocorre a fundição dos ossos, alinhando as vértebras de modo que se tornem um bloco único de osso, evitando a progressão da condição.

Para avanço do procedimento, são usados enxertos ósseos, que são colocados nos espaços entre as vértebras, para que se consolidem, assim como um osso quebrado.

Para que isso seja possível, hastes de metal são presas com parafusos, ganchos e arames que mantêm a coluna alinhada, enquanto ocorre todo o processo de consolidação.

Dúvidas? Entre em contato com o Dr. Fabiano Fonseca!